é proibido fumar [2009]

É Proibido Fumar, de Anna Muylaer
Brasil/2009
nota | 8

Antes tarde do que ano que vem, um dos maiores destaques do cinema nacional de 2009 chegou no último mês ao circuito depois de uma rápida passagem no Festival de Brasília, de onde trouxe um total de nove prêmios, dentre eles Melhor Filme, Roteiro, Ator e Atriz. É Proibido Fumar, da diretora Anna Muylaer, em seu segundo longa-metragem após a estreia em Durval Discos, tem os dois pés na realidade, e é por captá-la com tamanha sinceridade, coloca a história num grau resistível.

A verdade é que, mais que qualquer outro aspecto, o principal atrativo é a interpretação de Glória Pires. Vê-la de volta ao cinema num longa que não tenha a assinatura de Daniel Filho – pois ainda que faça um bom trabalho em suas comédias, não dá para ignorar onde está inserido – e num papel que oferece um vasto estudo de personagem, atesta o quanto a atriz poderia estar melhor relacionada com a cinema brasileiro. Tudo isso porque a naturalidade com que Glória compõe Baby é coisa de gênio, tornando-a alguém humana como o próprio filme. Paulo Miklos segue pelo mesmo caminho ao viver Max, e só se ofusca devido ao personagem, o qual tem sua história mais sugerida que contada – e isso não é um defeito.

E é uma pena que o roteiro não invista em cenas como a do jantar ou a da foto que ilustra o post, já que são esses momentos que fazem É Proibido Fumar um filme agradável e familiar ao espectador. Familiar no sentido de próximo, algo não apenas crédito dos protagonistas, mas também da direção de arte, que contextualiza boa parte de uma sub-trama com a casa de Baby e informa sobre os personagens [a foto do Chico Buarque na porta de Baby já sugeria que em algum instante ele seria citado, e foi, nuns diálogos mais divertidos do filme]. Tudo numa direção inspirada de Muylear [a cena do congestionamento de carros merece destaque pela trilha sonora e movimento de câmera], e ainda que o filme pareça perder um pouco de seu charme quando muda de tom, já estava alicerçado numa ótima narração sobre pessoas, relacionamentos e pessoas em relacionamentos, de qualquer natureza. Ah sim, e sobre vícios.

Anúncios

  1. Pingback: Tweets that mention é proibido fumar [2009] « -- Topsy.com

  2. Ultimamente estou numa fase “cinema nacional”, rsrsrs, por isso mesmo estou bem curioso quanto a esse “É Proibido Fumar” – até porque não vi ninguém falar mal do filme ainda. Bom saber sobre a Glória Pires, parece ser sua melhor personagem em um longo tempo…

  3. Eita resenhei sobre o filme hoje mesmo lá no blog – rsrs. Eu também achei uma obra ótima que reune uma diretora competente e uma atriz es ótima forma. Fora a trilha sonora que é um delícia para qualquer brasileiro bom de ouvido.

  4. Tava sabendo nada direito sobre esse filme, não gosto muito do Miklos e a Glória me lembra Se Eu Fosse Você xD aí não tava muito interessado. Mas agora fiquei, ao menos um pouquinho, até por que, não sabia que era dessa diretora. E a Baby que a Glória faz é a Baby do Brasil? =O Se for, fiquei muito curioso pra ver a interpretação dela.

  5. Pingback: cinema 2009 | top cinema nacional «


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s