filmes [e destaques] do mês | julho 2009

Antes tarde do que mais tarde, venho postar os filmes assistidos em julho, mês de férias, mês, teoricamente, de muitos filmes. Mas consegui encerrar com 18 – o que não é tão mau -, a qualidade é que foi mais preocupante. Poucos filmes memoráveis, prevalecendo mais a satisfação momentânea – a qual também é válida. Por favor, sem agressão física [se agredir verbalmente, seja cauteloso] devido à nota de Contatos Imediatos do Terceiro Grau e, principalmente, Ladrões de Bicicleta. E a partir de agora, esses posts ganharão uns floreios. Vamos lá.

Até mês que vem!

negrito: lançado no Brasil em 2009
itálico: revisto

Faltou Pouco

9 | O Iluminado [The Shining, de Stanley Kubrick – 1980]

Quase lá

8.5 | À Deriva [idem, de Heitor Dahlia, 2009]
8 | Apenas o Fim [idem, de Matheus Souza, 2008]
8
| Contatos Imediatos do Terceiro Grau [Close Encounters of the Third King, de Steven Spielberg, 1977]
8 | De Repente, Califórnia [Shelter, de Jonah Markowitz, 2007]
8 | Estamira [idem, de Marcos Prado, 2004]
8 | Rocky Horror Picture Show [The Rocky Horror Picture Show, de Jim Sharman, 1975]

No caminho certo

7.5 | Coração Satânico [Angel Heart, de Alan Parker, 1987]
7.5 | Ele Não Está Tão Afim de Você [He’s Just Not That Into You, de Ken Kwapis, 2009]
7.5
| Entre os Muros da Escola [Entre Les Murs, de Laurence Cantet, 2008]
7.5 | Harry Potter e o Enigma do Príncipe [Harry Potter and the Half-Blood Prince, de David Yates, 2009]
7.5 | Ladrões de Bicicleta [Ladri di Biciclette, de Vittorio de Sica, 1948]
7.5 | O Contador de Histórias [idem, de Luiz Villaça, 2009]
7 | O Céu de Outubro [October Sky, de Joe Johnston, 1999]
7 | Verônica [idem, de Maurício Farias, 2008]
7 | Vida que Segue [Moonlight Mile, de Brad Silberling, 2002]

Alerta!

6 | Delicada Atração [Beautiful Thing, de Hittie Macdonald, 1996]

Zona de Risco

5 | Hairspray [idem, de John Waters, 1988]

Total de filmes | 18

————————————————————————————————-

| DESTAQUES DO MÊS |

|

um nome | Laura Neiva

https://i2.wp.com/www.terra.com.br/istoe/edicoes/2009/imagens/revelados2_80.jpgNão dei o destaque suficiente em minha resenha sobre À Deriva para o trabalho da estreante Laura Neiva. Ela não leva o filme nas costas porque o longa tem qualidades suficientes para se manter com força durante toda a projeção, mas a interpretação de Laura contribuiu imensamente para o sucesso que a obra de Dahlia vem conquistando. Seja nas cenas entre os amigos, seja nas mais intimistas com a família, a atriz obteve um resultado irrepreensível. Ficará ainda melhor com o tempo. Uma grande descoberta, sem dúvidas.

uma surpresa | “Rocky Horror Picture Show”, de Jim Sharman

http://squallyshowers.files.wordpress.com/2009/04/rocky-horror-picture-show.jpgSinceramente, eu não tinha ouvido do filme até o assunto “musicais” surgir na faculdade, e um amigo tratou logo de emprestar o DVD ao ver meu completo desconhecimento para com ele. Deparei-me com um musical nonsense, que mescla comédia, músicas divertidíssimas – e agradáveis -, coreografias bizarras, um leque de personagens excêntricos, erotismo, tudo um tanto caricato, mas fácil de digerir. Certamente, diferente de todos os musicais que assisti até o momento. Destaque para um irreconhecível Tim Curry em uma figura inesquecível.

um nacional | “Verônica”, de Maurício Farias

http://ivygarcia.files.wordpress.com/2009/02/veronicabr2.jpgComo os outros filmes brasileiros ganharam resenhas, destaco o último longa de Maurício Farias, que se mostrou muito mais maduro e eficiente aqui que em seus longas anteriores [A Grande Família – O Filme O Coronel e o Lobisomen]. Apesar da nota razoável por conta de alguns deslizes do roteiro,  o resultado final de Verônica é muito positivo e merece destaque entre as produções brasileiras do ano. O filme utiliza a violência carioca como pretexto para um thriller com boas reviravoltas e que se foca na vida da personagem-título. Vale a conferida, nem que seja para contemplar mais um brilhante trabalho de Andrea Beltrão.

uma cena | a sequência de “De Repente, Califórnia” ao som de “Lie to Me”

Eu ia na cena de Jack Torrance com um machado na mão, metendo a cara na porta e dizendo “Here’s Johnny”, mas seria uma escolha óbvia demais e de conhecimento geral. Fico portanto com a sequência de De Repente, Califórnia que ocasionou a evacuação de 5 pessoas da sala de cinema [o motivo: a qualidade duvidosa do filme ou o conteúdo gay?]. É fato que não é a forma mais original de desenvolver e mostrar a evolução do relacionamento entre dois personagens, mas a cena ainda não saiu da minha memória, talvez por ouvir “Lie to Me”, do desconhecido cantor Shane Mack, incansavelmente. Já não é mais possível separar as imagens da música e vice-e-versa. Eu gostei – muito -, pus um sorriso no rosto e baixei a trilha sonora ao sair do cinema.

Anúncios

  1. err.. só uma coisinha, o Hairspray que você viu é de 1988, não? O John Waters tinha só 13 anos em 1959, ele é tão precoce assim? xD

    E não vou nem comentar [já to comentando] a heresia de dar 7,5 pra Ladrões de Bicicleta, ok? E ainda tem a paxorra de dizer que Shelter é melhor.. Oh God! Tu vai arder no mármore do inferno cinematográfico, e o De Sicca será seu algoz. Passar bem, herege. #xiitastyle

  2. Olá Jeff! Te linkei no meu blog, bom ao que me parece que você não viu de fato tantas fitas memoraveis, eu acho ‘O Iluminado’, um filme muito fraco em relação a todas as outras obras de Kubrick. Forte abraço!

  3. Gostei dos destaques! Dos filmes que eu já vi:

    O Iluminado – 7.0
    Contatos Imediatos do Terceiro Grau – 9.5
    De Repente Califórnia – 7.5
    Coração Satânico – 7.0
    Entre os Muros da Escola – 8.5
    Harry Potter e o Enigma do Príncipe – 9.0
    Ladrões de Bicicleta – 9.5
    O Céu de Outubro (acho que não é “Outono”) – 8.5
    Vida que Segue – 6.5
    Delicada Atração – 8.5

    • Matheus Rufino: hehe Obrigado. É que eu sempre pego o modelo dos outros posts e aí acaba ficando alguma coisa. \o\ O negócio é o seguinte: não compare as notas. É óbvio que Ladrões de Bicicleta tem sua importância e suas qualidades e, se compararmos com Shelter, é superior do ponto de vista artístico, digamos assim. Mas a nota é pessoal, é meu grau de satisfação com o filme e procuro não comparar com a nota de outros para não pirar. É isso. Aceite. beijomeliga.

      Cleber: Obrigado, man. Eu também prefiro outros filmes do Kubrick a esse, mas fraco eu não acho não. hehe []s!

      Vinícius P.: Gostou tanto assim de Delicada Atração? Achei tão fraquinho. Um dos mais fracos de temática gay. []s!

      Anderson: hehe Que bom. Assim, eu gostei bastante do filme, sobretudo do último ato; não tem nenhum problema que ressaltaria, mas… Enfim, coisas da vida. [não respondi nada hehe]. []s!

      Weiner: Você por aqui! =) E que bom, alguém que tenha compreendido minha nota para Contatos Imediatos! hehe []s!

      Pedro Tavares: Ah, nem tanto, Pedro. Já tive melhores, mas teve filmes muito bons sim. Esses foram os três melhores, aliás. []s!

      Vulgo Dudu: Por nenhum motivo aparente, cara. Poderia dar 10 traquilamente, só acho um filme um pouquinho menor em comparação aos grandes do Kubrick. Bem, talvez se assustasse mais… []s!

      Robson: hahaha Tá tão mal assim? []s!

      Kau: Eu queria saber o que esse povo tanto viu em Entre os Muros da Escola. hehe []s!

  4. Oi, Jeff!
    Minhas cotações:

    10 | O Iluminado [The Shining, de Stanley Kubrick – 1980]
    7,5 | Contatos Imediatos do Terceiro Grau [Close Encounters of the Third King, de Steven Spielberg, 1977]
    7,5 | Rocky Horror Picture Show [The Rocky Horror Picture Show, de Jim Sharman, 1975]
    7 | Coração Satânico [Angel Heart, de Alan Parker, 1987]
    4 | Ele Não Está Tão Afim de Você [He’s Just Not That Into You, de Ken Kwapis, 2009]
    8 | Entre os Muros da Escola [Entre Les Murs, de Laurence Cantet, 2008]
    5,5 | Harry Potter e o Enigma do Príncipe [Harry Potter and the Half-Blood Prince, de David Yates, 2009]
    9 | Ladrões de Bicicleta [Ladri di Biciclette, de Vittorio de Sica, 1948]
    6 | O Céu de Outono [October Sky, de Joe Johnston, 1999]
    5 | Verônica [idem, de Maurício Farias, 2008]
    6 | Vida que Segue [Moonlight Mile, de Brad Silberling, 2002]

    Abraços!!!!

  5. Vamos aos que vi, Jeffito:

    O Iluminado: 9,0
    Contatos Imediatos do Terceiro Grau: 9,5
    Estamira: 9,5
    Coração Satânico: 7,5
    Ele Não Está Tão Afim de Você: 8,0
    Entre os Muros da Escola: 9,0
    O Céu de Outubro: 7,5
    Verônica: 7,5
    Vida Que Segue: 6,5

    Abs!!!!!

  6. Vi estes:

    8.5 | O Iluminado
    8.0 | Coração Satânico
    7.0 | Ele Não Está Tão Afim de Você
    9.0 | Harry Potter e o Enigma do Príncipe
    8.5 | O Céu de Outubro
    7.0 | Vida que Segue
    8.5 | Zona de Risco

    Ciao!

  7. 6.5 | O Iluminado [The Shining, de Stanley Kubrick – 1980]
    8 | Contatos Imediatos do Terceiro Grau [Close Encounters of the Third King, de Steven Spielberg, 1977]
    7.0 | Entre os Muros da Escola [Entre Les Murs, de Laurence Cantet, 2008]
    7.5 | Harry Potter e o Enigma do Príncipe [Harry Potter and the Half-Blood Prince, de David Yates, 2009]
    7 | Vida que Segue [Moonlight Mile, de Brad Silberling, 2002]

    concordamos em bastante coisa \o/

  8. Dos filmes que você citou, os que mais estão em estima comigo são Contatos Imediatos de Terceiro Grau (eu te disse pelo twitter, é um ótimo filme e o meu preferido de todos os que já vi na vida, pra mim a nota é 10) e o Rocky Horror Picture Show, fez parte da minha infância. Imagina como foi traumatizante pra mim ver algo tão psicodélico. HAHAHAHAHA. E eu adoraria ver Apenas o Fim. Grande abraço, Jeff!

  9. E, ora pois, como pude me esquecer de “O Iluminado”! Um filmaço, a atmosfera quase insuportável que Kubrick coloca no filme inteiro é de beirar a histeria. Me dá vontade de sair correndo. Excelente.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s