ano 1

birthday

Pode não parecer, mas o receio de remorso, assim, com tudo em minúsculo, completa hoje um ano de existência.

Pode não parecer porque, segundo o arquivo localizado ali ao lado, o primeiro post deu-se no mês de dezembro. Mas minha nova tentativa como blogueiro – essa é a quarta vez que eu inicio um blog! – começou há um ano,  quando no endereço o receioderemorso era seguido de blogspot e o blog era sobre tudo, e sobre nada, e eu não tinha exatamente o que dizer. Quando não me arriscava a divagar sobre assuntos cotidianos – gerando textos vergonhosos -, recorria de dissertar, desprovido do desejo de querer ser levado muito a sério, acerca do meu assunto favorito, cinema, atitude que se tornou cada vez mais recorrente. E assim, a um pé de monopolizar o assunto do blog,  eu migrei para este servidor.

Também pode não parecer porque minha ausência quase culminou em morte precoce por diversas vezes. Mês passado a situação foi mais grave, quando o número de posts não saiu do zero. E algo que fica cada vez mais evidente para mim é a dificuldade de manter um blog – e manter um bom blog é tarefa para poucos. Apesar de adorar este espaço e querer sempre mantê-lo atualizado, sofro de um mal chamado preguiça, de um outro, nem tão mal assim, denominado faculdade, e de mais um, o senso, que faz refletir sobre a relevância das minhas palavras para os outros – e para mim mesmo, talvez.

Mas entre os altos e baixos, constantes atualizações e longas ausências, textos que me agradam e outros que me dão vontade de sumir, comentários apreciativos e outros um tanto grosseiros – felizmente, esses são a minoria -, dias com muitas visitas e dias precários – e dias que me importo com elas e  dias que não -, o receio de remorso chegou a um ano de vida.

Não fica a menor dúvida que o melhor que este breve período trouxe foi as amizades. Meu único contato com alguns se dá unicamente pelo twitter e pelos comentários nos blogs, o suficiente para se tornarem pessoas presentes no meu dia  e que fazem diferença quando estão ausentes – partindo do princípio que eu passo um longo período conectado à internet. Alguns [um, pra ser mais exato] já tive a felicidade de conhecer pessoalmente. Em maior ou menor escala, há uma amizade entre nós, blogueiros cinéfilos. E fico feliz por ter conhecido ótimas pessoas, de bom gosto cinematográfico e excelentes escritores, claro. Eu queria citar nomes, é mais pessoal, mas você sabe que me refiro a você.

Muito obrigado aos que sempre comentam, aos que só comentaram uma única vez, aos que leem e não comentam. Aos que comentam sem ler também, apesar de não ser uma atitude muito ética. hehe Falando em ética, me desculpam por nem sempre retribuir a visita. É algo que preciso corrigir. Farei esse pedido ao assoprar a vela.

Uma vez eu disse que ficaria satisfeito ao completar um ano de blog. Até me sinto assim. Mas que seria muito legal postar um outro bolinho num post ano que vem, seria.

|

| receio de remorso em números [como o Blogger não oferece as  estatísticas do blog, os números correspondem apenas ao período no WordPress]:

Total de visitas: 22.104
Total de posts: 77
Total de comentários: 717
Total de banners: 12

oscar-1Posts mais vizualizados |
1- oscar 2009 | melhor filme de animação [935]
2- polêmico do começo ao fim [916]
3- slumdog millionaire [801]
4- oscar 2009 | melhor canção original [789]
5- oscar 2009 | melhor trilha sonora [683]
Conclusão: O que seria desse blog sem o Oscar?

|

| Links mais clicados
1- youtube.com/watch?v=DciW_yuQGCw [59]
2- noticias.br.msn.com/artigo_bbc.aspx?cp-documentid=19827622 [40]
3- receioderemorso.blogspot.com [31]
4- conspiracaonanet.blogspot.com [29]
5 –blogdovinicius.wordpress.com [27]
E que vídeo seria esse?!

|

Como chegaram aqui |
imagem1- blogdovinicius.wordpress.com [266]
2- conspiracaonanet.blogspot.com [179]
3- twitter.com/jeff_rib [166]
4- cineresenhas.wordpress.com [104]
5- cinefiloeu.com [94]
Obrigado, Vinni, Alex e Dudu! hehe

|

| Termos [estranhos] de pesquisa que trouxeram pessoas [estranhas] aquipulp_fiction
– “medo de penetração”
– “pornografia sem limites”
– “pulp fiction” [esse não é um termo estranho, mas fico surpreso com a enorme quantidade de pessoas que chegam aqui através do filme, sendo que nunca comentei nada sobre ele]
– “qual o significado da musica choro bandido”
– “criança deitada”
– “amor #17 + cris bierrenbach”

Anúncios

  1. Aew, um aninho. =D
    Não cairei nos clichês “ótimo post”, “adorei seu post”, “ri muito”. Você sabe que não gosto de obviedades hehehe

    Posso dizer uma coisa que te deixará feliz ou não, visto que o senhorzinho sempre duvida de elogios xD
    Nesse um ano você amadureceste pacas, viveu experiências que te moldaram e que são refletidas no seu discurso. Fico muito feliz, pois sabia que tinhas potencial rs*

    No mais, parabéns pelo blog.
    Sua leitora e miguxa fiel haha
    =***!!

  2. Antes de qualquer coisa, Parabéns!!!

    Não posso comentar sobre toda a vida do seu blog, pois honestamente só conheço ele na sua nova casa, a não ser pelo post de Laranja Mecânica que li no blogspot. E mesmo assim não acompanhei ele aqui no wordpress desde o prícipio, ainda assim lhe dou os parabéns, por que tirando os períodos de abandono, você conseguiu fazer durante um tempo considerável um blog muito bom, com textos de muita qualidade, alguns extremamente bons, inclusive.

    Imagino que não deve ser fácil manter um blog, tenho um pouco de inveja de quem consegue, gostaria de ter tempo e, principalmente, disposição para fazê-lo, mas espero que olhando assim, esse número redondinho, 1 ano, você tenha ânimo para seguir, por que embora você se questione, seus textos são sim relevantes, entre outras razões, por que muitas vezes você fala de filmes que não são muito abordados e isso é muito importante.
    E como você disse, um blog é sempre bom pra conhecer novas pessoas, um ótimo lugar para expor nossas opiniões e vê-las serem confrontadas também e as vezes para se iniciar uma amizade. Apesar de eu não ser nem blogueiro, nem um cinéfilo que mereça esse título, muito menos escrever bem – ao menos bom gosto cinematográico eu tenho, e muito! xD – , acho que posso considerar que haja uma amizade entre nós e que parte da responsabilidade por ela existir venha desse blog, aqui é onde você fala melhor de uma das coisas mais importantes pra mim.

    Sobre os números, devo dizer que seus posts da temporada de prêmios eram mesmo ótimos, e acho que não só pelos prêmios, mas no início do ano você estava escrevendo com mais disposição do que o normal, enfim, eram mesmo ótimos estes posts =D
    Vou torcer bastante pra que daqui um ano tenha mais um bolinho, e vou te aporrinhar bastante também toda vez que cogitar deixar esse mocinho morrer xD vida longa ao receio!

  3. Parabéns, coisa. \o/
    Ontem, ou anteontem, quando vc me falou do aniversário dei uma conferida geral no blog… neste e no antigo… e puxa! Vc melhorou… xDD
    sacanagem, vc sempre escreveu bem [muito bem!]. tu já teve/tem diários né?! xD
    bem [‘bem’ nesse caso é só uma expressão vazia de significado, não te chamei de ‘bem’, xD…/mentira], que o receio viva muitos anos ainda, e digo isso sem receio… e que você continue evoluindo até atingir à perfeição [viva o positivismo!]…

    beijosereisempresualeitora.

    P.S. muito legal aniversário de blog, a gente pode dar parabéns de verdade né?! Pq é algo que realmente foi feito com esforço, criatividade, e tal. não é o mesmo que dar parabéns porque alguém nasceu xD… Os niver’s de blog que deveriam ser lembrados no orkut.

    P.S.2: sempre deleto meus blogs quando está perto de fazer aniversário.
    =/

  4. Puxa, parabéns!!! Você sabe que eu adoro doo Receio de Remorso (mesmo com a recente falta de atualizações, hehehe) e me sinto particularmente satisfeito por fazer parte da história do blog. Que venham muitos anos pela frente!

  5. Um ano??? Nossa, de fato merece parabéns, pois pensava que isto aqui estaria morto antes de seis meses!

    Brincadeiras a parte, vê se deixa a preguiça de lado e tente atualizar mais o seu espaço. Gosto muito de manter um blog porque foi a melhor maneira que encontrei para me expressar. Cinema é uma das coisas mais maravilhosas que existe na vida e comentar as experiências com essa arte, quer positivas, quer negativas, é algo prazeroso. De fato às vezes aparece aquela coisa de estarmos satisfeitos com nossas atualizações e em outras onde morremos de vergonha do que acabamos de escrever. Mas o importante é que estamos sendo ouvidos (ops, lidos) de alguma maneira.

    Parabéns!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s