oscar 2009 | melhor roteiro adaptado

Categorias já comentadas | Melhor Canção Original | Melhor Figurino | Melhor Mixagem e Edição de Som | Melhor Direção de Arte | Melhor Maquiagem | Melhor Montagem | Melhor Fotografia | Melhores Efeitos Visuais | Melhor Trilha Sonora | Melhor Filme de Animação | Melhor Roteiro Original

oscar_rotadaptado1

Digo a priori que não li nenhum dos materiais originais, portanto não irei julgar a forma como foram adaptados – e nem deveria pela falta de relevância dessa questão para o filme. Se colocarmos na balança a qualidade de cada roteiro, em relação a personagens, complexidade da trama, originalidade, o modo como trabalha o plot e as discussões que se extrai a partir de seu desenvolvimento, não sei se somente para mim, mas fica claro, beirando a transparência, que Quem Quer Ser um Milionário? não merece levar o prêmio, porém o universo conspira a seu favor. Seu texto é bom, sabe contornar os clichês e mesclar não-gratuitamente tempos narrativos diferentes é seu maior trunfo. Se tratando de uma história de amor e destino, tem lá seu ponto criativo e explora esses temas com muita facilidade. Mas ainda que o roteiro de O Curioso Caso de Benjamin Button tenha problemas [e não me refiro a sua semelhança com Forrest Gump – que em nenhum momento me incomodou -, mas sim aos furos, à analepse empregada de forma convencional e que em momento algum se faz importante, a elementos da história desnecessários], sua história me atraiu mais que a do filme de Boyle. Claro que se deve ao personagem principal e à premissa nunca vista até então no cinema, além de, com ressalvas ou não, seus temas ficarem martelando na nossa cabeça durante um bom tempo após a sessão. Mas em termos de problemas, O Leitor vence. Sua trama sobre o holocausto é frouxa e das mais redundantes, resulta em sequências dispensáveis, sem propósito algum. O primeiro ato é o mais interessante, e quando retorna com o melhor da trama na terceira parte – o ínterim realmente me desagradou em sua totalidade -, o texto ainda oscila entre momentos envolventes e outros questionáveis. Escolher meu favorito entre Frost/Nixon e Dúvida é complicado. Talvez o texto de John Patrick Shanley ganhe por pouco, mesmo condenando sua última fala, o que não foi o suficiente para arruinar uma máxima que só se completa a partir da análise e interpretação do espectador, algo perfeitamente trabalhado através de um combate de idéias entre dois personagens grandiosos. Econômico ao revelar os pontos para a trama funcionar, mas carregado de diálogos precisos e afiados. Já Frost/Nixon foi uma surpresa. Além de inserir um humor que lhe cai muito bem, o principal momento do filme ganha um destaque ainda maior devido a maneira como o texto trabalha cada lado do embate, o que deixa-o muito aquém de um mero longa político. Novamente, sinto falta do longa de Fernando Meirelles e seu Ensaio Sobre a Cegueira, dono de um roteiro pesado que coloca o ser humano num estado primitivo e de sobrevivência ao utilizar a cegueira branca como recurso, a qual atinge personagens dos mais variados, todos com um papel importante na narrativa. Poucos devem concordar comigo agora, entretanto, considero Foi Apenas um Sonho um dos melhores filmes do ano agora. Por mais que o elenco seja o seu melhor, seu texto desconsertante e realista merecia uma vaga entre os finalistas.

Trocando em miúdos…

| Os indicados
Dúvida, por John Patrick Shanley [da peça teatral de mesmo autor]
Frost/Nixon, por Peter Morgan [da peça teatral de mesmo autor]
O Curioso Caso de Benjamin Button, por Eric Roth, Robin Swicord [do conto de F. Scott Fitzgerald]
O Leitor, por David Hare [do livro The Reader, de Bernhard Schilink]
Quem Quer Ser Um Milionário?, por Simon Beaufoy [do livro Q&A, de Vikas Swarup]

| O que mudaria
Sai: O Leitor e Quem Quer Ser Um Milionário?
Entra: Ensaio Sobre a Cegueira e Foi Apenas um Sonho

| Meu Oscar vai para…
Dúvida, por John Patrick Shanley

| And Oscar goes to…
Quem Quer Ser Um Milionário, por Simon Beaufoy

Anúncios

  1. O melhor roteiro daí, na minha opinião, é o de Frost/Nixon, por mais que eu goste de Quem Quer Ser um Milionário?. Tiraria fácil O Curioso Caso de Benjamin Button desta categoria para dar espaço a algum dos dois que você citou [sim, também gostei de Foi Apenas um Sonho]. Dúvida tem um roteiro magnífico, contrastando com o apenas bom de O Leitor [outro que tiraria]. Fico então na torcida pelo de Frost/Nixon, mas se o filme do Boyle levar essa, também ficarei satisfeito, que é o que deve acontecer de fato.

    Acho que essa é a primeira vez que torço para filmes distintos em Melhor Filme e Melhor Roteiro Adaptado ou Original. Como já disse, aqui torço por Frost/Nixon e em Original torço por Wall-E. Para Melhor Filme fico com o óbvio Quem Quer Ser um Milionário?.

    Abração!

  2. Hehehe, como já deve saber, meu favorito da categoria é “Quem Quer Ser um Milionário?”, acho que o Simon Beaufoy é um dos principais fatores para o filme dar tão certo assim – sem falar que é muito original (mesmo abusando dos clichês, faz isso de uma ótima forma). Daí, acho que só tirava “O Leitor” mesmo e indicava “Ensaio Sobre a Cegueira” – já que “Foi Apenas um Sonho” tem um bom roteiro, mas apenas isso. Também não me incomodaria com uma vitória de “Frost/Nixon”, Peter Morgan é genial!

  3. Interessante você excluindo, “Quem Quer Ser um Milionario” … muitoo – e colocando “Foi Apenas um Sonho” … tenho uma leve impressão de que “O Leitor” leva esta!

  4. Minha torcida é toda de “Dúvida”, não apenas por ser um dos meus filmes preferidos já lançados este ano, mas também por ser de autoria de seu próprio autor original. Shanely adaptou a própria peça (vencedora do prêmio Pulitzer).
    Mas o prêmio deve ir para “Slumdog”. Ou “O Leitor”.
    Abraço!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s