top 10 | melhores finais

Há um certo blog de um pessoal muito gabaritado para falar de cinema, composto por antigos companheiros de fórum, que toda semana lança um top que elege os 10 melhores alguma-coisa do cinema. Como não consigo entender o fascínio de cinéfilos por tops e Freud se foi muito antes da era dos blogs – ou melhor, morreu três anos depois do primeiro computador ser inventado [Google mode on] -, eu apenas entro na onda, pois como um amante de cinema também não resisto a um top.

E como é do psique de qualquer lista do gênero, esta foi cruel. Optei por não repetir filmes do mesmo diretor, pois senão Kubrick e Tarantino ocupariam três posições, Irmãos Coen, duas e o top já estaria quase fechado; até para me facilitar, preferi não levar em conta somente o desfecho da história, mas valorizei a última cena antes dos créditos subirem.  São imagens finais que me deixaram num estado bem aquém do natural. Ou um wtf ou uma paralisia temporária ou uma risada – ou um choro – descontrolado ou tudo isso junto. Enfim, coisas que o cinema consegue fazer – e que no final do filme ganham um sentido especial.

E a principal escolha foi não escolher demais, caso contário este post nunca ganharia vida.

Melhor filme tem o melhor final, certo?

Melhor filme tem o melhor final, certo?

1. Magnólia [Paul Thomas Anderson, 1999]

2. 2001: Uma Odisséia no Espaço [Stanley Kubrick, 1968]

3. A História Real [David Lynch, 1999]

4. O Cozinheiro, o Ladrão, Sua Mulher e o Amante [Peter Greenaway, 1989]

5. O Segredo de Brokeback Mountain [Ang Lee, 2005]

6. Kill Bill – Volume 2 [Quentin Tarantino, 2004]

7. Blow Up – Depois Daquele Beijo [Michelangelo Antonioni, 1966]

8. Queime Depois de Ler [Ethan e Joel Coen, 2008]

9. O Poderoso Chefão [Francis Ford Coppola, 1972]

10. Closer – Perto Demais [Mike Nichols, 2004]

Anúncios

  1. *suzi comentando sobre os que já viu*

    1. Ai, Magnólia! **
    Nem Amélie consegue superar… rs*
    Esse sorriso te derruba e te faz sorri também, mesmo não sabendo o real motivo =))))

    5. Esse filme é uma ode (rs*) ao amor.
    Você esquece que são dois homens, vê apenas que são dois seres humanos que se amam. O amor é o foco.
    E que vontade de chorar com o Ennis…

    6. Kill Bill é foda!
    Tudo nele é top xD

    9. Ainda prefiro o livro…

    10. Apesar de (ainda) não gostar do filme, esse final é demais.
    A Natalie consegue provocar coisas xDDD


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s